Primavera

Finalmente a primavera chegou.

– E aí, tá afim de acordar cedo amanhã?
– Tô. Bora lá no Botânico!
– Fechou! Partimos às 9h.
– Fechado!

E aos poucos vamos nos desapegando dos casacos pesados, deixando a claridade do céu se espalhar pela casa, pela alma.
A vontade de explorar a cidade toma conta e o que não falta é opção.

– “Putz”, só abre às 10h. Temos 20 minutos ainda!
– Conheço um outro parque logo ali atrás.
– “Bora lá”, enquanto esse não abre…

O dia amanheceu mais cedo. Parece que rende mais. A gente se sente mais disposto também, né?! Uma vez eu li que na primavera “a vida entra na nossa vida mais cedo”. Fez sentido para mim.

– Olha aquela árvore branca!
– E aquela rosa?!
– Lindas!
– Vai lá, deixa eu tirar uma foto sua!

Engraçado como um clique permite eternizar momentos tão singelos do nosso dia a dia. Mágico! Quando se mora em um país com o tempo bem úmido e frio, é ainda mais fácil de valorizar o céu azul e a presença do sol (mesmo que ele não esquente).

– Tô achando que vou voltar amanhã. Topa?
– Tô dentro. Hoje foi muito bom, né?!
– Sim. Parece que me livrei de toda tensão que tava sentido.
– Eu também. Finalmente a primavera chegou.

Registro da manhã de uma Sexta-feira Santa.

(Sobre Dublin, na Irlanda, em 2 de abril de 2021)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: